Este espaço conjuga duas paixões: o rugby e o coleccionismo. Pretende dar a conhecer (aos poucos) a minha colecção filatélica já bastante avançada sobre o tema "rugby" e, simultaneamente, aproveitar esse pretexto para, aqui e além, opinar, divulgar e testemunhar sobre "coisas" deste desporto fantástico. Claro está que um dos objectivos é conquistar adeptos para este tipo de coleccionismo, fazendo com que se juntem a este MAUL DINÂMICO!

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

sábado, 28 de janeiro de 2012

Selo personalizado


quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

domingo, 22 de janeiro de 2012

Rugby em sala


sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

IRB Nations Cup 2007


terça-feira, 10 de janeiro de 2012

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Queremos um bom ano

Ano novo, vida nova.

Não queria deixar o novo ano iniciar-se sem vos desejar um Excelente 2012. Espero que este ano seja um ano de sucessos pessoais, profissionais e desportivos para toda a família do rugby. Que o mundo, e Portugal em particular, sejam um lugar melhor para se viver.

Como devem ter constatado, a minha participação mais activa neste blog tem sido limitada. A manutenção em actividade do blog requer dedicação e, sobretudo, tempo. E este tem sido escasso, muito escasso mesmo.

Desde o Verão que a minha vida tem sido condicionada por uma série de factores que me têm retirado a disponibilidade que eu desejava ter para o blog: a nível profissional, com a "promoção" (+ trabalho por = salário) a team leader, com a responsabilidade de gerir uma equipa de uma dezena de pessoas incumbida da auditoria de muitos, muitos milhões de euros de ajudas ao desenvolvimento a que se juntou quase um mês de ausência por terras africanas em missão de controlo.

A título desportivo com a fractura de dois dedos e um esmagamento torácico num workshop dado por um treinador dos Ospreys que passou pelo Luxemburgo para ajudar ao desenvolvimento do rugby local (e para provar que estou velho e em baixo de forma) mas sobretudo com o facto de me ter voluntariado para manager da equipa de rugby dos sub-13 do Cercle Sportive des Communautées Européennes, o que me tem "roubado" muito tempo que antes era utilizado para o blog. E me tem dado um gozo enorme...

A título pessoal com uma gravidez complicada que culminou, para grande felicidade de toda a família, com o nascimento no passado dia 26 de Dezembro do nosso terceiro rapaz, cheio de saúde e energia.

Por tudo isto, estive na iminência de "fechar a porta". Mas por cada novo item que obtinha para a minha colecção, por cada mensagem simpática que recebia por comentário ou email, a minha vontade de continuar se renovou e por isso o "JtM" ainda existe.

Não posso prometer aquilo que não sei se posso cumprir, mas vou tentar dar algum tempinho por semana para escrever um pouco (não é fácil).

Entretanto, 2012 já chegou e com ele muitos desafios. Em Portugal, a fazer fé no que tenho lido, com projectos ambiciosos e difíceis dado a conjuntura actual.
Por um lado, temos o último CEN antes da próxima qualificação para o Mundial de 2015; porventura a última oportunidade para fazer testes e experimentar novos jogadores antes de ser ainda mais a doer.

Por outro lado, manteremos o nosso lugar na IRB Nations Cup, o que equivale a dizer muita responsabilidade e mais uma oportunidade para mostrar que conseguimos andar perto daqueles que estão à nossa frente.

Temos também o Circuito Mundial de Sevens (onde, até agora, temos estado abaixo daquilo que podemos fazer) e o título Europeu a defender (um grande desafio). Para juntar a isso temos em vista a organização da etapa de classificação para o Mundial de Sevens do próximo ano na Rússia.

Por fim, o maior de todos os desafios: a eventual presença de uma equipa nacional na Amlin Cup, anunciada pelo Presidente da FPR. E que desafio, com as estruturas que temos. Esperemos que esta aposta seja um passo em frente (temos de aprender com a experiência espanhola) e seja frutuosa. A seguir com atenção como será estruturada a equipa portuguesa...

Não queria terminar sem dar uma palavra para os jogadores portugueses que, como eu, estão emigrados (penso no nosso Pipoca, um símbolo do crer e vontade de vencer que é caracteriza a nossa emigração). Desejo-vos um excelente ano e muito sucesso. Estou convencido que a vossa qualidade abrirá portas para outros, elevará o nível do nosso rugby e mostrará que Portugal esta "para a curvas". Um grande abraço para vocês.

A todos os leitores e em particular ao Manuel Cabral e ao Miguel Carmo, pela sua simpatia e pelo carinho que me têm dado, um grande abraço e um Excelente 2012.

Conto com a vossa paciência e com as vossa opiniões.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012